Saber o que podemos e não podemos comer é muito difícil. Todo dia aparece um novo alimento que é vetado por médicos e nutricionistas, mas volta e meia um novo estudo prova que, na verdade, determinada comida nem fazia tão mal assim. Um dos mais recentes, por exemplo, foi o ovo. Tido como vilão por anos, há pouco tempo descobriu-se que ele faz bem e pode até evitar doenças degenerativas do cérebro.

No entanto, não se iluda! Existem alguns alimentos que sempre foram e sempre serão muito, muito ruins, e você deve evitar comê-los o mais rápido possível! Confira aqui a lista que o Macaco Velho preparou:

7. BARRAS DE PROTEÍNA

As barras de proteína são sensação entre as pessoas que malham e querem ganhar massa muscular. O problema é que, por serem alimentos processados, a maioria delas contém ingredientes nada saudáveis, como proteína de soja processada, açúcar refinado, gordura hidrogenada, entre outros.

6. BARRAS DE CEREAIS

Por sua praticidade, as barrinhas de cereal muitas vezes substituem um lanche ou são consumidas para enganar a fome. O problema é que, apesar das frutas e das sementes na foto das embalagens, os ingredientes que as compõem são muito prejudiciais: xarope de milho, que é rico em frutose; açúcar; gordura saturada. Além disso, algumas são hiper calóricas! Não se deixe enganar pelo discurso de alimento saudável. Barrinha de cereal nunca mais!

5. BISCOITO RECHEADO

Quem resiste a essas guloseimas, certo? Biscoitos recheados costumam ser a alegria do lanche da tarde. O problema é que essas delícias contêm altas quantidades de açúcar, além de gordura saturada, o que favorece o aumento do LDL (o “colesterol ruim”) e a diminuição do HDL, considerado o “colesterol bom”. E esse desequilíbrio nas taxas de colesterol pode levar a doenças cardiovasculares graves. Isso sem falar nos aditivos e cortantes usados na receita.

4. PIZZA

Calma, nem todas as pizzas são vilãs! Tudo depende de como são preparadas. Mas aquelas congeladas vendidas em supermercados são um veneno! Essas pizzas contêm farinha branca, que é transformada em açúcar pelo nosso corpo logo após ser consumida, além de estarem cheias de condicionadores de massa artificiais e conservantes. Ou seja, quer comer pizza? Faça a massa em casa!

3. DONUTS

Pois é, caro leitor. Infelizmente o donut é um dos grandes vilões da alimentação. Na composição dessa guloseima encontramos nada menos que entre 35% e 40% de gorduras trans, super condenada pelos nutricionistas. Esta substância é a causa de muitas doenças cardíacas e cerebrais. Isso sem falar no açúcar, condicionadores de massa artificiais e aditivos alimentares.

2. EMBUTIDOS (SALSICHA, MORTADELA, SALAME)

Tem coisa mais gostosa que um cachorro-quente com aquela salsinha quentinha, coberta de molhos e mais molhos? Pois é, esqueça!! Tanto a salsicha como outros tipos de embutidos e frios, como salame, mortadela, presunto, costumam ser carregados com nitrito de sódio e outros conservantes químicos que podem te matar. Essas substâncias têm sido associadas a doenças cardíacas e câncer.

1. CHURRASCO

Acredite, meu amigo, churrasco também pode fazer mal. O problema não está no ingrediente, mas na forma de preparo. A fumaça do carvão libera alcatrão e hidrocarbonetos policíclicos aromáticos, substâncias com alto potencial cancerígeno. Fica difícil evitar o churrasco, né? O jeito é comer com moderação…